na dúvida sobre o que comer em sorocaba e região? a gente ajuda | se liga

 

Cheeseburger de Kobe no Paddock Campolim!
Por: admin

E o Paddock Campolim está aqui no nosso blog, de novo!
Recebemos um convite especial da equipe para degustar um que ainda está começando a ser vendido, CHEESEBURGER DE KOBE (wagyu), para quem não conhece o que é, clica AQUI! 
Ele é servido no pão preto de fermentação natural e queijo do reino derretido em cima. No prato vem batata doce frita e um molho que eles não revelaram o nome, mas é para a Batata doce.
Como nesse caso não foi só eu ou a Marina que experimentamos, e sim, OS DOIS, vamos deixar as 2 opiniões aqui afinal nossos gostos são BEM diferentes, por isso o post pode ficar um pouco maior que o normal, desculpem!

Quando vimos o lanche saindo da cozinha já foi um pouco assustador, pensamos: “agora ______” (pensem o que quiserem)!
Vamos falar do lanche:

Os 2 eram iguais, pão, carne (ao ponto da casa) e queijo, o típico Cheeseburger (segundo o pessoal do Paddock, teremos outras opções do lanche, com molho de pepino e outras coisas, além de você poder adicionar qualquer acompanhamento no lanche pagando um X a mais!).

Ivan: O pão preto tem um sabor bem gostoso que combina com a carne e o queijo, além disso ele não é crocante e nem muito maçudo sabe!? O queijo tem aquela cor bem amarela, tipo burger de filme e tem um sabor discreto mas essencial para a estrela do lanche, o Hambúrguer, esse é d+, a carne é MUITO macia e suculenta e do jeito que veio “ao ponto” é como eu gosto, nem muito cru e nem muito bem passado, derretendo na boca, principalmente em volta do hambúrguer. O tempero da carne estava ótimo também, talvez faltou um pouco de sal, mas preciso comer de novo para ter certeza 😉 rsrs, mas nada que atrapalhe.
Muito bom de comer, fácil e grande!

Marina: Quando dei a primeira mordida no lanche, arregalei os olhos e disse, MEU DEUS que carne macia! Eu nunca comi uma carne tão macia na minha vida, mesmo que seja carne moída a textura é completamente diferente. O queijo do reino combina muito bem com o kobe, achei que só faltou uma cebola caramelizada em cima que ia ficar mais show ainda, mas isso eu posso resolver da próxima vez adicionando ao lanche. O pão preto que eles desenvolveram pro lanche é muito bom também, levemente crocante por fora e bem macio por dentro.

Agora vamos falar da batata doce:
Ivan: Para vocês terem ideia, a Marina até brigou comigo porque eu estava comendo toda a batata doce antes do lanche vai gordinho. Mas é porque estava muito gostosa e com o molhinho, nossa senhora..
E era batata doce para sentir seu sabor mesmo, frita por fora e bem cozida por dentro, coloca no molhinho e só correr pro abraço! Ah e o molho? Meio azedinho no final, tinha hora que achava que era tártaro, tinha hora que achava que era rosê.. Da para comer tudo, fácil fácil com a batata, ou no lanche igual eu fiz (mesmo que me disseram que não era “especial” para o lanche! heuaehuahuehaue
PS: Segundo a equipe do Paddock eles terão também CHIPS de batata doce #émuitoamor

E para fechar, ganhamos uma blaster sobremesa, Banana Paddock – Banana flambada em licor de café servida sob de creme, crocante de amendoim e caramelo de café.

Ivan: Só que como gosto de conversar, fiquei batendo papo e “esqueci” de comer, a Marina gordinha só comeu e não falou, então ela pode explicar melhor, só sei que era bom pacas e o sorvete uma delícia.

Marina: Olha eu sou meio chata com sobremesas de fruta, por que eu sou gorda e gosto de coisas com chocolate, mas olha, essa banana me surpreendeu! Ela é cheia de coisa mas ao mesmo tempo é bem leve, mesmo eu estando prestes a explodir consegui comer boa parte dela e achei muito boa. Pra quem gosta de sobremesas e quer fugir um pouco do chocolate é uma ÓTIMA pedida!

Conclusão: Lanche de Kobe + batata doce + molho é uma combinação excelente, o valor é um pouco maior que dos outros lanches (em torno de 40 reais) mas vale pela qualidade e a experiência que é sensacional!

Em resumo, foi demais, obrigado ao pessoal do Paddock pelo convite e pelas explicações e fiquem a vontade para nos convidar mais vezes! Um detalhe que é interessante comentar, é que dentro do possível eles fazem tudo lá mesmo, para todos os lanches, isso da um sabor diferente e coloca o “tempero” deles em tudo.

Endereço: Rua Francisco Neves, 53 (alça de acesso à raposo tavares, logo depois do antigo kanakaue)

Comentários

Tags: , ,

No comments yet. Be the first.

Leave a reply

Todos os direitos reservados a E ai o que comer? - Toocano